fbpx
CHARGEBACK

Saiba como diminuir a quantidade de estornos do seu estabelecimento 

 

chargeback pode ser o motivo de frustração de muitos micro e pequenos lojistas brasileiros. Mesmo sendo mais comuns em e-commerce, esses estornos também podem ser realizados por vendas em lojas físicas. 

A operadora de cartão pode negativar o seu estabelecimento quando ele possui pedidos de chargeback frequentes. Na justiça brasileirasabe-se que o risco das fraudes nas operações com cartão deve ser da operadora e não do lojista. Mesmo assim, é importante se prevenir do que recorrer a um processo. Confira agora o que isso é, o que pode causá-lo e como se precaver. 

 

Chargeback

A palavra chargeback é inglesa e significa “estorno”Esse processo é uma contestação feita pelo cliente que realizou uma compra no cartão de crédito ou débito que já foi faturada. Ele entra em contato com a operadora e se a empresa perceber alguma irregularidade no processo, o valor é estornado e o vendedor não recebe. 

O principal objetivo do chargeback é a segurança do cliente, pois um dos grandes motivos pelo qual isso acontece é a clonagem de cartão. 

 

Qual a diferença entre Cancelamento e Chargeback? 

Enquanto o chargeback é realizado pelo cliente, como comentamos acima, o cancelamento parte do próprio lojista que realizou a venda. O cancelamento pode acontecer por vários motivos, entre eles o produto chegou com defeito, o comprador decidiu devolver ou até erros de parcelamento e valor ao passar o cartão. 

 

O que pode causar chargeback? 

Segundo uma pesquisa da Norton, o principal motivo de chargeback é a fraude por clonagem de cartões de crédito, mais aplicado em sites de e-commerce. Quando o titular não reconhece a compra, ele pode pedir o bloqueio e solicitar o seu dinheiro de volta. 

Os chargebacks podem acontecer quando o cliente não recebe a entrega ou quando o produto está errado. Erros de processamento no pagamento, como duplicidade de valor, também provocam esse tipo de estono. 

Mas sempre preste atenção! Não são raras as situações de má fé do cliente que pode ter recebido e usufruído do produto e, mesmo assim, exige o reembolso alegando que não foi entregue. Por isso, sempre preste atenção no andamento das suas vendas. 

 

Como evitar que o chargeback aconteça? 

Se o seu estabelecimento oferece a opção de delivery, use o serviço de Aviso de Recebimento (AR) dos Correios e escolha entregar sempre em mãos. Ambas as formas podem evitar que esses estornos sejam pedidos pelo cliente.  

Ao perceber um chargeback em suas transações, a primeira opção é tentar entrar em contato com o cliente para saber o que ocorreu. Em muitos casos é possível negociar a compra oferecendo outros produtos e serviços. 

Sentiu que o cliente está agindo de má fé ou não conseguiu fazer contatoEntão encontre o pedido feito e junte todas as informações que puder para mostrar que a o produto e a entrega estavam corretos. Comunique a operadora e, se necessário, recorra judicialmente. 

Poder ser que seja difícil encontrar o pedido. Mas, sabendo a data e o valor da compra, plataformas de gestão financeira podem facilitar essa procura. 

 

Quer evitar surpresas desagradáveis sobre os chargebacks do seu estabelecimento? Então use o Raio-X! Na aba de Vendas da plataforma você verifica de forma fácil os estornos que ocorreram de acordo com o período selecionado. Acesse o site raiox.app ou baixe o Raio-X na Google Play ou Apple Store. 

2 thoughts on “O que é chargeback?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O controle

do seu

nas


negócio

suas mãos