fbpx

Aprenda a precificar os seus produtos e serviços da melhor forma

PRECIFICAR

Determinar preços para os seus produtos e serviços é um dos diferenciais para se alcançar o sucesso e não correr o risco de fechar as portas. A rede Mc Donald’s é um exemplo de negócio que calculou errado o valor de seus lanches no início e percebeu que, mesmo tendo um volume alto de vendas, o lucro era baixo. No filme Fome de Poder é mostrado a forma como isso foi percebido e o que precisou ser alterado.  

Tendo os valores adequados haverá uma competitividade melhor, margem de lucro saudável, diferencial no mercado de atuação e será mais fácil atingir os objetivos planejados.  Calcular por dedução ou improviso é um grande erro, comece fazendo uma pesquisa sobre os seus concorrentes e coloque no papel todos os gastos que possui. Confira agora como precificar da melhor forma: 

Despesas variáveis e fixas 

Segundo o SEBRAE (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), para realizar essa tarefa é preciso levar em conta o equilíbrio do preço de mercado e o valor calculado de custos e despesas utilizados na produção. 

O primeiro passo para iniciar a precificação é saber quais são as suas despesas variáveis e fixas. Tudo que é utilizado no processo de criação e que pode ter alterações como um catálogo de serviços ou cardápio, no caso de restaurantes, entra como despesas variáveis. Como por exemplo: 

  • Ingredientes
  • Peças
  • Fornecedores
  • Embalagens
  • Transporte e entrega

Já as despesas fixas são os serviços básicos consumidos mensalmente que não deixarão de ser utilizados, entre eles você pode colocar:

  • Água
  • Luz
  • Gás 
  • Aluguel  
  • Salários 
  • Limpeza 
  • Impostos
  • Ganho mensal desejado

Coloque também o quanto você deseja ter de ganho mensal desejado através do seu negócio. 

Como fazer a conta? 

Utilizar uma fórmula matemática para definir o preço do seu produto e serviço dará uma visão mais assertiva, tendo isso definido você pode decidir se vai cobrar mais ou menos pelo que está oferecendo. Tendo todos os valores em mãos, vamos utilizar o exemplo do blog MEI Fácil sobre revenda de peças de roupa: 

1 – Você compra 50 peças mensalmente a R$ 20, o seu gasto total aqui é de R$ 1.000 (50 x 20). Esse ponto é um exemplo de despesa variável, já que é possível procurar outros fornecedores ou roupas. 

2 – Para comprar essas roupas você precisou se locomover, então vamos colocar R$ 200 de transporte. Contabilize aqui também as contas fixas como aluguel (R$ 300) e despesas como água e luz (R$ 100). Somando ao todo R$ 600. 

3 – Fora isso, o seu lucro pessoal desejado é de R$ 900. 

4 – Somando todos os valores temos R$ 2.500 que precisa ser faturado mensalmente (1.000 + 600 + 900). Com esse total, divida pelo número de peças comprado, assim você terá o preço que pode ser utilizado: 

2.500 (faturamento) / 50 (peças compradas) = R$ 50 por peça 

Lembrando que é importante checar os concorrentes e verificar os valores contados nas despesas variáveis que podem mudar. Refaça essa conta sempre que necessário.  

E se você precisa de ajuda para verificar melhor as vendas feitas através das maquininhas de cartão, o Raio-X pode te ajudar. Acompanhe o fluxo do seu caixa e recebimentos para auxiliar na precificação dos seus produtos e serviço para o público. Disponível na Google Play e App Store

4 thoughts on “Aprenda a precificar os seus produtos e serviços da melhor forma

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O controle

do seu

nas


negócio

suas mãos