fbpx

Gestão Financeira: Reduza as despesas do seu negócio e invista no que é necessário

Será que é possível empreender no Brasil sem gastar muito? Separamos dicas especiais que podem te ajudar

Abrir o próprio negócio deixou de ser um bicho de sete cabeças para muitas pessoas, principalmente para quem deseja deixar de trabalhar em uma empresa e fazer o que gosta, atendendo clientes e estudando o mercado de sua atuação. Segundo pesquisa divulgada em 2019 pelo Portal do Empreendedor do Governo Federal, mais de 8 milhões de brasileiros possuem um CNPJ como MEI (Micro Empreendedor Individual), sendo o maior número em 5 anos, crescendo 120%. 

Querer empreender pode ter certas responsabilidades e gastos, como declarar imposto de renda, pagamento do DAS (Documento de Arrecadação do Simples Nacional) e emissão de nota fiscal. Mas também é possível cortar gastos que fazem parte do dia a dia do planejamento e andamento do negócio e adotar uma gestão financeira inteligente de acordo com o que você precisa. 

Evitar perder dinheiro é um passo inicial que parece óbvio, mas que pode acontecer com frequência diante dos nossos olhos. Se você utiliza maquininhas de cartão e voucher no seu negócio, verifique se as taxas combinadas estão sendo arrecadados corretamente. Segundo a base de dados do Raio-X, apenas em 2019, mais de R$5 milhões foram cobrados indevidamente pelas empresas responsáveis pelo serviço. Fique por dentro do que está sendo cobrado e não faça parte dessa estatística.  

Um ótimo conselho é abandonar de vez a conta corrente do seu banco. Empresas como a Stone.co, fornecem o serviço de forma digital e gratuito com direito a cartão magnético e TEDs ilimitados. Outras vantagens são o fácil acesso através do celular e computador, além de atendimento humanizado, caso precise de ajuda. 

Para restaurantes e lojas que trabalham com delivery, um bom acompanhamento na rotina de venda pode otimizar o trabalho de todos. Estude quando há mais movimento de clientes e estabeleça horários melhores de funcionamento. Dessa forma, você reorganiza funções e economiza na mão de obra de seus funcionários. 

Também é importante capacitar-se para saber atender, divulgar um produto de forma inteligente, administrar entradas e saídas e planejar o crescimento do seu negócio. É possível realizar cursos sem precisar gastar, como o SEBRAE que disponibiliza formações gratuitas presencialmente e online. Ao finalizar você recebe um certificado e ainda pode tirar dúvidas com os instrutores durante esse período de aprendizado. 

Como não somos capazes de prever o futuro, ter uma reserva de emergência pode nos fazer continuar ativos quando algo inesperado acontecer. E essa dica serve para pessoas que possuem ou não um negócio próprio. Especialistas indicam juntar o valor de custos para seis meses. Por exemplo, se você precisa gastar R$1.000 por mês, o saldo da sua reserva de emergência precisa ser de R$6.000. 

E nada melhor que utilizar ferramentas gratuitas e úteis para otimizar as atividades do dia a dia, principalmente se o seu negócio envolve vendas de cartão e voucher. Uma delas é o Raio-X, com a plataforma é possível acompanhar quando e quanto está sendo vendido, além de horários de maior e menor movimento. E o melhor: gratuitamente! 

Gostou das nossas dicas? Siga o Raio-X nas nossas redes sociais do InstagramFacebook e Blog. Baixe agora o aplicativo e cuide da gestão financeira do seu negócio na palma da mão! Disponível na Google Play e Apple Store

7 thoughts on “Gestão Financeira: Reduza as despesas do seu negócio e invista no que é necessário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O controle

do seu

nas


negócio

suas mãos