fbpx

Você sabe dizer com que velocidade os produtos do seu negócio têm sido vendidos? Essa é uma informação que pode ser relevante para a sua tomada de decisão. Por esse motivo, é essencial saber calcular o giro de estoque para acompanhar a movimentação de mercadorias na sua loja. 

Compreender a rapidez com que os itens entram e saem do seu negócio ajuda a medir a eficiência das vendas. Desse modo, o indicador colabora para que você tenha melhor controle de estoque e os recursos necessários para otimizar os resultados da empresa.

 

O que é giro de estoque?

O Giro de estoque é a medida que indica com que velocidade seus produtos são vendidos e substituídos por novos. Ele reflete a eficiência do negócio ao transformar isso em vendas e, consequentemente, em receita para a loja.  

Quando esse número está alto, ele sugere que as mercadorias são vendidas com agilidade. Assim, o capital da empresa é liberado mais rapidamente para que você o utilize em outros aspectos do negócio, como investimentos. Por outro lado, um giro baixo de estoque pode significar dinheiro parado.

 

Por que o giro de estoque é importante?

Como você viu, descobrir esse indicador colabora para a sua gestão de estoque e influencia diretamente os lucros da empresa. Portanto, ter entendimento sobre esse processo ajuda a saber quais ações devem ser realizadas para otimizar a saída das mercadorias. 

Além disso, o conhecimento contribui para identificar gargalos. Afinal, estoque excessivo costuma ocupar espaço e tomar dinheiro do lojista, enquanto baixo armazenamento pode afetar as vendas, caso faltem itens desejados pelos clientes.  

Na prática, calcular o giro de estoque ajuda a encontrar o equilíbrio, diminuindo desperdícios e maximizando a eficiência organizacional. 

Logo, monitorar regularmente significa ter em mãos um dado essencial para a gestão da loja. Com ele, é mais fácil se adaptar às mudanças do mercado, potencializando a lucratividade do negócio e fortalecendo as suas finanças.

 

Como calcular o giro de estoque?

Entendido o conceito e a importância desse indicador, esse é o momento para você saber como calcular o giro de estoque. Para descobrir o valor, você deve usar essa fórmula: 

Giro de estoque = Custo dos produtos vendidos (CPV) / Estoque médio 

A seguir, você entenderá cada um dos termos e como chegar a eles! 

Calcule o custo dos produtos vendidos 

O CPV é o montante investido em produtos que foram vendidos em um período. A quantia representa o esforço financeiro que a loja fez para deixar as mercadorias prontas para a venda.  

Para encontrá-lo, some os custos de aquisição dos itens comercializados em um intervalo. Nesse caso, não considere a receita, mas sim, os valores relacionados à aquisição dos produtos que foram vendidos.  

Imagine que você vendeu 500 itens em um trimestre (3 meses) e que a soma do desembolso para adquiri-los foi de R$50 mil, considerando todos os custos da compra. Dessa maneira, R$50 mil é o CPV a ser aplicado na fórmula.

 

Determine o estoque médio  

O estoque médio é uma média ponderada dos estoques iniciais e finais de um período. A fórmula para encontrá-lo é a seguinte:  

Estoque médio = (Estoque inicial + Estoque final) / 2. 

Por exemplo: você está calculando o estoque médio de 1º de janeiro a 1º de março do mesmo ano. No primeiro dia, o valor era equivalente a R$22 mil. No último, era de R$28 mil. Portanto, o resultado é igual a: 

Estoque médio = (Estoque inicial + Estoque final) / 2 
Estoque médio = (R$22 mil + R$28 mil) / 2 
Estoque médio = R$ 25 mil 

Aplique os valores na fórmula 

Agora que você já sabe calcular os valores que serão usados para descobrir o giro de estoque da sua loja, retorne à fórmula desse indicador. Então divida o CPV pelo estoque médio calculado. 

O resultado desse cálculo é o seu giro de estoque. Substituindo os valores encontrados nos exemplos, chega-se ao seguinte resultado: 

Giro de estoque = CPV / Estoque médio 
Giro de estoque = R$50 mil / R$25 mil 
Giro de estoque = 2 

Como interpretar o giro de estoque?

Além de saber calcular o indicador, você precisa entender como interpretá-lo e usá-lo em suas tomadas de decisão. Você conferiu que, quanto maior o giro, mais ágeis são as vendas. Já números menores, no entanto, representam negociações mais lentas. 

Tomando o número encontrado no exemplo, um giro de estoque igual a 2 significa que, em um trimestre, você vendeu e repôs todo o estoque duas vezes. Trata-se da relação direta entre vendas e recursos investidos no período.  

O número ideal varia por setor, mas, em geral, ele deve ser alto. Dessa forma, o tempo de reposição de mercadorias será mais rápido, fazendo com que a nova compra seja realizada em intervalos mais curtos. Como resultado, o dinheiro do negócio não fica parado no estoque por tanto tempo.

 

Como melhorar o giro de estoque da sua empresa?

Você já conferiu a fórmula e aprendeu a interpretar esse indicador para a empresa. Nesse momento, pode surgir a dúvida: como otimizar o giro de estoque?

 

Faça uma previsão de demanda eficiente 

Antecipar o que seus clientes desejam comprar é uma ação que acelera a movimentação das mercadorias. Afinal, a compreensão de quais produtos terão mais saída costuma funcionar como um atalho para vendas rápidas.  

Para essa tarefa, use dados históricos e tendências a fim de ajustar os seus estoques de acordo com a demanda. A previsão reduzirá excessos e evitará armazenamento insuficiente, mantendo o indicador saudável.

 

Considere a gestão de estoque just in time (JIT) 

A abordagem de gerenciamento de estoque “just in time” visa minimizar o armazenamento mantendo apenas o necessário para atender à demanda imediata. Desse modo, compras e produção são puxadas pelas vendas, aumentando o giro. 

Por essa razão, vale a pena estudar esse sistema para entender se ele pode ser aplicado em sua empresa de modo vantajoso.

 

Estabeleça uma variedade estratégica de mercadorias 

Por fim, analise quais produtos têm maior saída e invista neles. Reduza os itens de baixo desempenho em relação às vendas. A ação simplifica o estoque, otimiza o espaço e impulsiona a comercialização das mercadorias mais procuradas. 

Ao implementar essas práticas, você pode alavancar seu giro de estoque, liberar recursos e aumentar sua agilidade no mercado. Lembre-se de que ajustar suas estratégias conforme a evolução do cenário comercial é crucial para manter um fluxo constante de lucros e sustentar o crescimento do seu negócio.

  

Quer ter acesso a mais informações valiosas como essas? Aproveite e assine agora a newsletter do Raio-X!  Estamos no Instagram, YouTube TikTok. 

Artigos relacionados


4 thoughts on “Como calcular o giro de estoque da sua loja?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O controle

do seu

nas


negócio

suas mãos