fbpx

Esse artigo é para você que tem o costume de antecipar os seus recebimentos

 

Desde o dia 7 de junho de 2021, o Banco Central (BACEN) determinou que todas as Credenciadoras estejam cadastradas em um novo formato de empresa: as Registradoras. Credenciadoras são as empresas de maquininha de cartão que capturam as transações dos lojistas. Esse novo cadastro garantirá mais transparência no mercado e que o lojista tenha acesso mais barato, fácil e seguro a crédito e antecipações.

A definição da Registradora vem de duas normas publicadas em 2019, uma do BACEN e outra do Conselho Monetário Nacional (CMN) sobre a antecipação de recebíveis de cartões, são elas a Resolução nº 4.734/2019 e a Circular Bacen nº 3.952/2019.

Toda essa mudança será para os lojistas que realizam a antecipação dos seus recebíveis no crédito e parcelado. Quem utiliza voucher não terá impacto. Neste artigo, vamos resumir de forma simples o que é a Registradora e como isso vai funcionar na prática. Confira:

 

O que é a Registradora?

De forma resumida, as Registradoras são empresas autorizadas pelo Banco Central (BACEN) que começaram a receber diariamente as agendas de recebimentos futuros dos lojistas enviadas pelas empresas de maquininhas de cartão.

Com a autorização dos próprios lojistas, as Registradoras disponibilizam estas agendas para outras empresas autorizadas, permitindo que elas negociem antecipações ou operações de crédito com recebíveis. Estas empresas poderão ser as próprias maquininhas, bancos ou outras instituições financeiras.

A cada nova operação contratada por um lojista, a registradora “marcará” os recebíveis que foram antecipados, garantindo segurança e evitando duplicidade e erros no processo.

A Registradora é uma empresa jurídica privada que precisa seguir as normas do BACEN e ter autorização para poder exercer suas atividades. Agora, é obrigatório que uma Credenciadora esteja cadastrada em uma Registradora.

Nesse novo modelo, o lojista não precisa de contato direto com as Registradoras, mas poderá negociar suas taxas com diferentes Credenciadoras interessadas.

 

Como funciona na prática?

Para o lojista

Essa mudança para o lado dos lojistas significa que agora há uma abertura maior para que as Credenciadoras possam negociar a antecipação dos recebíveis, não ficando limitado a apenas uma empresa de maquininha de cartão. Ou seja, quem oferecer a menor taxa pelo seu recebível de acordo com as condições praticadas no mercado, ganha. Para isso, você terá que autorizar que outras Credenciadoras possam consultar a sua agenda de recebíveis na Registradora.

Outra vantagem é que não você não tem mais a obrigação de negociar recebíveis futuros com a mesma empresa. Assim, o responsável pelo estabelecimento poderá avaliar as oportunidades a cada nova negociação e decidir o que é melhor.

No modelo anterior, com raras exceções, os lojistas que aceitavam cartões de crédito só conseguiam antecipar os recebimentos futuros com a própria maquininha. Agora, o Banco Central espera criar um mercado mais aberto e dinâmico, onde o lojista passa a contar com mais opções para antecipar seus recebíveis.

 

Para as empresas de maquininhas de cartão

Para o lado das empresas de maquininhas de cartão criou-se uma obrigação para que eles registrem os recebíveis de seus clientes (os lojistas) diariamente na Registradora de sua preferência e que está seguindo as regras do Banco Central, recebendo a autorização do órgão para operar.

Quando um recebível for antecipado, diretamente com a Credenciadora ou com outra Instituição, ela tem a obrigação de avisar a Registradora sobre a transferência de titularidade do recebível para seu novo dono, dando baixa em sistema no valor de sua agenda de recebível futura.

 

E para quem usa o Raio-X?

O Raio-X continua mostrando as suas informações de recebíveis que são enviadas pelas Credenciadoras diariamente e também está em contato com as maquininhas de cartão cadastradas para saber o que está sendo alterado nesse processo e adequar a forma como essas informações são transmitidas no portal e no aplicativo.

Até o momento de atualização desse artigo (10 de junho de 2021), nem todas as maquininhas se prepararam da maneira adequada, e por isso, as informações de fluxo caixa dos usuários do Raio-X que antecipam podem não estar corretas. Estamos frequentemente em contato com essas empresas para que fiquem ajustadas nesse processo, uma vez que são elas que enviam as informações.

 

Acompanhe o Raio-X nas redes sociais e aqui no blog para receber mais novidades sobre a Registradora, além de outras novidades e dicas para auxiliar a rotina do micro e pequeno lojista brasileiro. 

Artigos relacionados


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O controle

do seu

nas


negócio

suas mãos